Tipos de reciclagem de plástico: entenda como funciona

  1. tipos de reciclagem de plástico

Você sabia que existem diferentes tipos de reciclagem de plástico? Muitas pessoas já sabem que os plásticos podem ser reciclados.

Mas são poucas aquelas que têm um conhecimento mais aprofundado sobre como se dá esse processo e quais as possibilidades podem ser realizadas.

Os resíduos plastificados, em especial os termoplásticos, possuem uma grande relevância econômica. Isso porque eles são bastante versáteis – o que permite sua aplicação em diversos cenários – além de possuírem uma boa resistência e durabilidade.

Por isso, confira a seguir alguns detalhes sobre os tipos de reciclagem de plástico e saiba quais os principais plásticos recicláveis.

Principais tipos de reciclagem de plástico

Atualmente, existem 3 principais processos para reciclar os resíduos plastificados, sendo que cada um deles possui um objetivo específico. Os 3 tipos de reciclagem de plástico são:

1. Mecânica

O modelo mecânico é um dos tipos de reciclagem de plástico mais comum e mais utilizado no Brasil e no mundo. Esse processo tem como objetivo transformar os resíduos em matéria-prima para que sejam empregados na produção de novos materiais plastificados.

A etapa inicial se dá por meio da coleta dos materiais – tanto domésticos quanto industriais. Posteriormente, esses resíduos pós-consumo são separados. Depois, passam por uma limpeza a fim de remover possíveis impurezas.

Após essa etapa de triagem, essas aparas plásticas passam, então, por um processo de moagem. Isso as transforma em pequenos grânulos para reiniciar o processo de produção de novas ligas plásticas.

2. Química ou de resina

Dentre os tipos de reciclagem de plástico, podemos destacar também o modelo químico ou de resina. Neste processo, mais complexo que o anterior, os resíduos são submetidos a transformação química.

Assim, eles retrocedem a condições mais básicas e se transformam em materiais petroquímicos novamente.

Esse procedimento tem como finalidade criar produtos de alta qualidade derivados do petróleo.

Mesmo sendo um processo vantajoso, é importante destacar que esse tipo de modelo necessita de um volume maior de resíduos para que seja interessante e viável economicamente.

3. Energética

O modelo energético é um dos tipos de reciclagem de plástico que não é realizada no Brasil, apesar de ser muito empregada na Europa, por exemplo.

Esse processo consiste na incineração dos resíduos plásticos recolhidos, transformando-os em energia termelétrica. Isso se dá porque, enquanto são submetidos a altas temperaturas e incinerados, as resinas plásticas liberam vapor.

Através disso, o gás ou vapor gerado é convertido em energia, sendo capaz de movimentar hélices e turbinas.

Plásticos recicláveis

Após conhecer alguns detalhes sobre os tipos de reciclagem de plástico, confira a seguir os principais resíduos recicláveis:

  • PET (Tereftalato de Polietileno): muito utilizado na produção de embalagens e garrafas para uso alimentício, para cosméticos, produtos farmacêuticos, entre outros;
  • PEAD (Polietileno de Alta Densidade): comumente empregado na fabricação de embalagens para produtos químicos, como shampoos, detergentes, alvejantes e detergentes;
  • PVC (Policloreto de Vinila): usado na construção civil, para fabricação de tubulações, além de ser utilizado para produção de brinquedos;
  • PEBD (Polietileno de Baixa Densidade): principal resina plástica utilizada na produção de sacolas e embalagens plásticas diversas;
  • PP (Polipropileno): produção de potes para utilidades domésticas, embalagens de alimentos e também na construção civil;
  • PS (Poliestireno): utilizado na fabricação de potes e frascos para alimentos, brinquedos, produtos descartáveis e também em alguns eletrodomésticos.

Se você procura uma empresa que realiza a compra e venda de aparas recicláveis selecionadas, conte com a Aparas Macedo.

Entre em contato conosco e faça uma cotação.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *